"Três velas que iluminam qualquer escuridão: Conhecimento, Natureza e a Verdade."

Clareiras

CLAREIRA DE CAER YNIS
Florianópolis/SC
www.caerynis.wordpress.com

A Clareira Druídica de Caer Ynis está situada na cidade de Florianópolis (SC), a Ilha da Magia que tanto tem a oferecer a seus moradores e visitantes em belas paisagens, praias, rios, campos, lagoas ou bosques.
O grupo foi oficialmente fundado em 2008, mas seus membros já se reuniam de maneira mais informal para celebrar os festivais antes disso. O Caer Ynis fomenta suas práticas no druidismo moderno, buscando unir as tradições dos antigos celtas da Gália, das Ilhas Britânicas e da Península Ibérica às tradições dos povos ancestrais que povoaram todo o continente americano, em especial às populações de Meimbipe (Terra Acima do Rio), como os carijós chamavam a Ilha de Santa Catarina.

CLAREIRA CORÉ-TYBA

A Clareira Druídica Coré-Tyba encontra-se filiada à Celtic Druid Alliance (CDA) através de seu vínculo com o Collège du Chaudron des Druides e com a Assembleia da Tradição Lusitana e por isso traz em sua essência a linhagem druídica tradicional europeia, onde os ensinamentos são transmitidos de maneira oral e através da celebração dos festivais célticos.
A sua sede é em Curitiba (PR) e tem como objetivo auxiliar no crescimento espiritual daqueles que buscam caminhar sob os passos da Tradição Primordial, através da integração com a Natureza Sagrada, a reverência aos velhos deuses e com respeito aos nossos ancestrais, pelo que, a Clareira Druídica Coré-Tyba se coloca como organismo auxiliador nesta jornada, oferecendo as ferramentas necessárias para que os de bom espírito possam encontrar seu caminho na trilha dos Druidas.

CLAREIRA DA TRIBO DA ONÇA PARDA

A Clareira da Tribo da Onça Parda, sediada em Jundiaí­-SP, é membro da Assembleia Druídica Brasiliana (ADB), encontra-se filiada à Assembleia da Tradição Lusitana, estando deste modo ligada ao Collège du Chaudron des Druides em Paris-França.
O objetivo da Tribo da Onça Parda é o de auxiliar na busca espiritual e no crescimento de pessoas interessadas em caminhar sob os passos da Tradição Primordial, cujo espelho e significação está na Natureza Sagrada e na interação com esse Espaço onde conseguimos uma perfeita conexão com os nossos Deuses e a nossa ancestralidade, já que, através dos festivais ancestrais entendemos a genuína simplicidade da espiritualidade, podendo assim receber, também de forma simples e genuína, os ensinamentos orais que nos são transmitidos desde tempos antigos, contemplando um chamado raro e inequívoco.

 

Anúncios